O Canadá e a PADF melhoram as instalações médicas e educacionais no abrigo que assiste aos refugiados venezuelanos em Boa Vista, Roraima.

Read in English

Washington, DC (30 de outubro de 2017) – A Ministra das Relações Exteriores do Canadá Chrystia Freeland, em uma reunião do Grupo de Lima, realizada em Toronto, anunciou a quinta-feira, 26 de outubro, que o Governo do Canadá e a Fundação Pan-Americana para o Desenvolvimento (PADF) trabalharão juntos para melhorar as instalações médicas e educacionais para imigrantes e refugiados venezuelanos no estado de Roraima, Brasil.

Como consequência da crise política, econômica e humanitária na Venezuela, cerca de trinta mil venezuelanos e venezuelanas já imigraram para o Brasil e a maioria tem decidido se estabelecer no estado de Roraima. Eles precisam de abrigo, atenção médica, educação e outros serviços. Graças ao apoio do Canadá, a PADF fornecerá uma escola e uma clínica para o maior abrigo no estado, o Centro de Referência ao Imigrante, localizado no bairro Pintolândia em Boa Vista, capital do estado.

“Os venezuelanos e as venezuelanas que fugiram das péssimas condições na Venezuela têm buscado refúgio em Boa Vista”, disse Luisa Villegas, Diretora Sênior Assistente de Programas na PADF. “Porém, os serviços públicos voltados à população estão sobrecarregados pelo fluxo de recém-chegados. A nova clínica e a escola terão espaços privados dedicados a atenção médica e a aprendizagem, servindo a centenas de pessoas deslocadas pela crise no seu país natal”.

“Nós devemos continuar apoiando a população venezuelana – em defesa dos seus direitos humanos e suas necessidades básicas” disse a Honoravel Chrystia Freeland, P.C., M.P., Ministra das Relações Exteriores do Canadá. “E à luz do fato de que os efeitos da crise se espalharam além das fronteiras da Venezuela, o Canadá também fornecerá aproximadamente CAD $ 35,000 para melhorar os serviços de saúde e educação prestados aos 480 venezuelanos abrigados no Centro de Referência ao Imigrante, em Boa Vista, no Brasil.”

O abrigo atual é um ginásio que foi convertido em abrigo que, atualmente, carece de espaços para a educação e para os serviços médicos. As instalações proporcionadas pela PADF levarão comodidades modernas, materiais educativos e suprimentos médicos.

O Centro de Referência ao Imigrante fica a cargo de missionários e voluntários da Fraternidade – Federação Internacional Humanitária. É o maior abrigo no estado de Roraima e atualmente aloja 480 imigrantes e refugiados venezuelanos, dos quais aproximadamente 75% são indígenas e 50% são crianças e jovens. A clínica e a escola são duas das várias necessidades que o Centro tem, como consequência do fluxo de recém-chegados que precisam de ajuda.

Esse apoio é parte de um esforço maior por parte da PADF para responder à crise de imigrantes e refugiados no Brasil. Como uma organização sem fins lucrativos, filiada à Organização dos Estados Americanos (OEA), a PADF está liderando uma campanha internacional para ajudar às instituições locais e ao esforço de auxílio aos refugiados. A PADF já lançou uma campanha para arrecadar US$100.000 para apoiar aos abrigos locais e aos venezuelanos refugiados através de contribuições de instituições governamentais, fundações, entidades filantrópicas e pessoas físicas.

Para mais informações sobre este projeto, visite a www.padf.org/helpmigrants